São Bento confirma o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro

Um lugar entre os 40 melhores times do Brasil, pelo menos mais R$ 4 milhões no orçamento em cotas de televisão, um calendário de 38 partidas garantido para o segundo semestre de 2018, a continuidade do sonho de ser campeão brasileiro da Série C: muito estava em jogo quando a bola rolou às 19h de hoje domingo (24/9/17), no Estádio Municipal Walter Ribeiro (CIC), para o jogo da volta entre São Bento e Confiança, pelas quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série C, Setecentos Mil Sorocabanos e mais de Hum Milhão na Região Metropolitana na torcida no acesso do Bentão .

São Bento Sorocaba 2 240917
A vitória por 2 a 0 há uma semana, em Aracaju, dá à equipe de Paulo Roberto Santos o direito de perder por até um gol de diferença para garantir o acesso à Série B e a classificação às semifinais. Placar inverso leva a decisão aos pênaltis e, se o São Bento marcar um gol, o Confiança precisará ganhar por 4 a 1.

São Bento Sorocaba 1 240917
Por isso, a comissão técnica alviceleste blindou o grupo, fechou à imprensa a maioria dos treinos e antecipou em 24h a concentração. Apesar de cinco titulares pendurados (o zagueiro João Paulo, o ala Muriel, o volante Fábio Bahia, o meia Maicon Souza e o atacante Anderson Cavalo), o Azulão não tem desfalques, e conta com Maicon Souza e Cavalo totalmente recuperados de lesões no tornozelo e na coxa que os impediram de atuar durante 90 minutos em Sergipe. Por isso, Paulo Roberto repetiu a escalação utilizada na Arena Batistão.

São Bento Sorocaba 3 240917

Para o técnico do Azulão, o duelo representou, a possibilidade do terceiro acesso em quatro temporadas à frente do clube. Em 2014, quando chegou, ascendeu da Série A2 para a elite no Paulistão. No ano passado, levou seu time da Série D para a C no Campeonato Brasileiro. E agora retomou uma história que remonta a 1983, último ano em que o Azulão disputou a antiga Taça de Prata comparada, em termos de divisões, à atual Série B.

São Bento Sorocaba 5 240917

São Bento Sorocaba 6 240917

Hino do São Bento

 

São Bento x Confiança

São Bento – Rodrigo Viana; Muriel, Rogério, João Paulo e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Éder e Maicon Souza; Everaldo, Anderson Cavalo e Caio Cézar.

Técnico: Paulo Roberto Santos

São Bento Sorocaba 4 240917

Confiança – Genivaldo; Felipe Cordeiro, Mimica, Anderson e Madona; Flávio, Rafael Villa e Tito; Everton, Frontini e Álvaro. Técnico: Aílton Silva

Árbitro – Dewson Fernando Freitas da Silva (FIFA- PA)

Local – Estádio Municipal Walter Ribeiro (CIC)

Horário – 19h

Anúncios

Nota Fiscal Paulista, prêmio de R$ 1 milhão sai para moradora de Sorocaba

Uma moradora de Sorocaba foi a ganhadora do prêmio principal do sorteio de setembro da Nota Fiscal Paulista. A consumidora participou com 34 bilhetes eletrônicos e foi contemplada com R$ 1 milhão. Os dois prêmios de R$ 500 saíram para um morador da cidade Frutal, em Minas Gerais, que concorreu com 34 cupons, e para uma consumidora de 53 anos da Capital, que participou com 20 bilhetes.

A 106ª extração da Nota Fiscal Paulista ainda premiou três instituições filantrópicas com R$ 100 mil, nas cidades de Osasco, São José dos Campos e Ribeirão Preto.

Outros contribuintes e entidades assistenciais também foram sorteados com 10 prêmios de R$ 100 mil, 15 de R$ 50 mil, 20 de R$ 10 mil, 50 de R$ 5 mil e 500 prêmios de R$ 1 mil. Concorreram os cadastrados que efetuaram compras no mês de abril e solicitaram a inclusão do CPF/CNPJ no documento fiscal. No total, foram 598 prêmios que somaram R$ 4,7 milhões.

O resultado está disponível no site www.nfp.fazenda.sp.gov.br.  Para verificar, basta acessar o sistema com o CPF e senha cadastrada e clicar na aba Sorteios > Visualizar Sorteios >Sorteio nº 106.

Para concorrer, o consumidor que pede a Nota Fiscal Paulista deve se cadastrar no site do programa e aderir ao regulamento. As adesões até o dia 25 de cada mês permitem a participação já no mês seguinte. Uma vez feito o aceite às regras dos sorteios, não há necessidade de repetir a adesão, que vale para todas as extrações. Cada R$ 100 em compras dá direito a um bilhete eletrônico para disputar aos prêmios.

Confira valores e municípios dos principais ganhadores:

Prêmios principais
do  106º sorteio
Bairro/Município/Estado
R$ 1.000.000,00 VILA BARÃO/SOROCABA/SP
R$ 500.000,00 ALTO BOA VISTA/FRUTAL/MG
R$ 500.000,00 JARDIM INDEPENDÊNCIA/SÃO PAULO/SP
R$ 100.000,00 HIGIENÓPOLIS/SÃO PAULO/SP
R$ 100.000,00 SÃO MIGUEL/SÃO PAULO/SP
R$ 100.000,00 LOTEAMENTO INDUSTRIAL MACHADINHO/AMERICANA/SP
R$ 100.000,00 UMUARAMA/OSASCO/SP
R$ 100.000,00 URBANOVA/SÃO JOSÉ DOS CAMPOS/SP
R$ 100.000,00 PQ. RIBEIRÃO PRETO/RIBEIRÃO PRETO/SP
R$ 100.000,00 ITARARÉ/SÃO VICENTE/SP
R$ 100.000,00 LOTEAMENTO CIDADE JARDIM/CATANDUVA/SP
R$ 100.000,00 JARDIM TAQUARAL/SÃO PAULO/SP
R$ 100.000,00 ASSUNÇÃO/SÃO BERNARDO DO CAMPO/SP

Sorteios exclusivos para entidades

A partir do mês de outubro, o programa Nota Fiscal Paulista promoverá sorteios exclusivos para as entidades assistenciais, com prêmios que totalizam um milhão de reais.  Além de propiciar 10 vezes mais chances de ganhar, essa medida garante que 55 diferentes instituições filantrópicas diferentes sejam contempladas com prêmios todos os meses.

Prêmios Valores
5 prêmios R$ 100 mil
50 prêmios R$ 10 mil

Prêmios exclusivos também para consumidores

Os consumidores também terão sorteios exclusivos, aumentado em 2,5 vezes a chance de ser contemplado. No total, agora serão 600 prêmios mensais exclusivos para os consumidores, que vão de um prêmio de R$ 1 milhão, 4 prêmios de R$ 500 mil a até 500 prêmios de R$ 1 mil.

Prêmios Valores
1 prêmios R$ 1 milhão
4 prêmios R$ 500 mil
10 prêmios R$ 100 mil
15 prêmios R$ 50 mil
20 prêmios R$ 10 mil
50 prêmios R$ 5 mil
500 prêmios R$ 1 mil

Sobre o programa Nota Fiscal Paulista

A Nota Fiscal Paulista, criada em outubro de 2007, integra o Programa de Estímulo à Cidadania Fiscal do governo do Estado de São Paulo e reduz, de fato, a carga tributária individual dos cidadãos, que recebem créditos ao efetuar compras de mercadorias em São Paulo. O sistema distribui até 30% do ICMS efetivamente recolhido pelos estabelecimentos comerciais aos consumidores que solicitam o documento fiscal e informam CPF ou CNPJ, proporcional ao valor da nota.
A devolução é feita em créditos que podem ser acompanhados pela internet e utilizados para pagamento do IPVA ou resgatados em dinheiro. O consumidor também pode solicitar o documento fiscal sem a indicação do CPF/CNPJ e doá-lo a uma entidade de assistência social ou de saúde cadastradas no programa Nota Fiscal Paulista, se assim desejar. Essa é uma decisão pessoal e exclusiva do consumidor.O programa conta com 19 milhões de participantes cadastrados e, desde seu início, soma mais de 54 bilhões de documentos fiscais processados na Fazenda. No total, a Nota Fiscal Paulista devolveu aos participantes do programa R$ 15,7 bilhões, sendo R$ 14,1 bilhões em créditos e R$ 1,6 bilhão em prêmios nos 106 sorteios já realizados.
Para conferir os créditos, aderir ao sorteio ou obter mais informações sobre a Nota Fiscal Paulista, basta acessar o site www.nfp.fazenda.sp.gov.br. Para baixar o aplicativo do programa, acesse a loja de aplicativos de seu smartphone ou tablet.​

F1 GP de Cingapura, após dupla da Ferrari bater na largada, Hamilton vence e se isola na liderança

Após dupla da Ferrari bater na largada, Hamilton vence e se isola na liderança

Era para ser uma noite de glória para Sebastian Vettel. Após ir ao limite no treino classificatório e tirar a pole position de Max Verstappen, o alemão teria a chance de vencer pela quinta vez no ano e retomar a liderança do campeonato. Não foi o que aconteceu. Em uma largada debaixo de muita chuva, Kimi Raikkonen saiu melhor e colocou por dentro da RBR do holandês, que, escapando de Vettel, se tocou com a Ferrari. O finlandês perdeu o controle do carro e acabou atingindo a lateral esquerda do companheiro de equipe. De quebra, Kimi ainda levou junto a McLaren de Fernando Alonso, que em uma temporada cheia de problemas, tinha a possibilidade de fazer boa corrida.

Lewis Hamilton, quinto no grid, se aproveitou e tomou a liderança para si, com Daniel Ricciardo em segundo e Nico Hulkenberg da Renault em terceiro. Daí em diante foi um passeio para o inglês da Mercedes. Mesmo com o fim da chuva e a pista seca, o carro germânico mostrou sua superioridade sobre a RBR, e o tricampeão seguiu solitário para vencer pela sétima vez na temporada, a 60ª na carreira. Com o resultado, Lewis amplia a liderança na tabela para 28 pontos contra o rival alemão da Ferrari (263 contra 235).

Os três primeiros do GP de Cingapura (Foto: Reprodução/Twitter)

O pódio foi completado por Ricciardo em segundo e Valtteri Bottas em terceiro. Fechado com a Renault para 2018, Carlos Sainz Jr. fez grande corrida, saindo de décimo para fechar em quarto. Outro que definiu seu futuro para a próxima temporada foi Sergio Pérez, que permanecerá na Force India, e recebeu a bandeira quadriculada em quinto. Jolyon Palmer, por sua vez, não tem vaga certa no ano que vem, mas, neste domingo, conquistou seus primeiros pontos em 2017, com um ótimo sexto lugar. Stoffel Vandoorne (7º), Lance Stroll (8º), Romain Grosjean (9º) e Esteban Ocon (10º) completaram o top 10. Felipe Massa foi o 11º com a Williams.

Assista aos melhores momentos da prova A Rede Globo TV

Classificação final GP de Cingapura 2017 (Foto: Reprodução )

GloboEsporte

Sorocaba, Prefeitura devolve a Santa Casa para gestão da Irmandade

A Prefeitura de Sorocaba devolveu a Santa Casa à Irmandade, que agora passa ter total direito à gestão plena. A devolução foi anunciada na sexta-feira (15/9/17) à tarde, durante coletiva de imprensa no gabinete da prefeita Jaqueline Coutinho (PTB), que revogou o decreto de 24 de abril do prefeito cassado José Crespo (DEM). Além da imprensa, participaram da reunião os integrantes da Igreja Católica, que desde julho é a entidade mantenedora do hospital, secretários municipais, vereadores e representantes do Conselho Municipal de Saúde e do hospital. Na ocasião, também foi anunciado o pagamento parcial do débito da Prefeitura com a Santa Casa, pelo período em que o hospital esteve sob requisição municipal. Entretanto, apesar da devolução, a Prefeitura irá fiscalizar a administração hospitalar.

A devolução foi assinada pela prefeita, que revogou o decreto nº 22.772. Mesmo com a devolução, os leitos continuarão como 100% SUS, o que significa que os pacientes continuarão a receber atendimento gratuito.

O secretário municipal de Saúde, Ademir Watanabe, entende que com a devolução do hospital, a Irmandade terá maior celeridade na aquisição de insumos, sendo que pelo Poder Público os processos são muito mais burocráticos. Ele também frisou que a devolução aconteceu no momento em que o Executivo conta com total confiança na atual diretoria da Irmandade: “sentimos confiança com a nova diretoria que está assumindo a Irmandade e por isso resolvemos que já era possível efetuar a devolução”, disse o titular da pasta da Saúde. O moderador da Santa Casa é o arcebispo metropolitano dom Julio Endi Akamine e o diretor-presidente é o padre Flávio Jorge Miguel Júnior, do santuário São Judas Tadeu.

Pagamento de R$ 400 mil

Na coletiva, foi anunciado o pagamento ao hospital de R$ 400 mil, em duas parcelas, por parte da Secretaria Municipal da Fazenda. A primeira parcela foi quitada ontem, e o restante deve ser repassado até o final do mês. Esse valor se refere a débitos de novembro e dezembro de 2016, e também de 2017, dos períodos em que o hospital estava sob requisição municipal. O montante total desse débito é R$ 2 milhões, que deve ser diluído em pagamentos nos próximos seis meses.

O secretário divulgou ainda o repasse mensal de R$ 6,9 milhões para a manutenção da Santa Casa, cujo valor é proveniente do convênio existente entre a Secretaria de Saúde do Estado com a Prefeitura, sendo composto também por recursos do Ministério da Saúde.

Padre Flávio destacou que a preocupação da Irmandade é com o povo de Sorocaba. “Não temos e não fazemos parte de nenhum tipo de esquema. Nossa preocupação é unicamente com o nosso povo, com os pacientes que precisam de atenção e de cuidados. Nossa diretoria é altamente qualificada para enfrentar o desafio que estamos assumindo”, disse ele, acrescentando também que “a Santa Casa é patrimônio do povo”.

Ainda segundo o religioso, dos 258 antigos membros da entidade, apenas 22 se recadastraram, chegando hoje ao total de 120. O Conselho de Administração é composto por nove pessoas, sendo cinco clérigos e o restante integrantes da sociedade civil, e de acordo com ele, de total credibilidade.

No decorrer da coletiva, a prefeita se emocionou ao lembrar da passagem bíblica e pediu para que “todos nós, independentes de ideologia e credo, possamos ver em cada paciente da Santa Casa, uma mãe e um filho”.

Mutirões

O secretário municipal de Saúde, Ademir Watanabe elencou ontem, durante coletiva de imprensa sobre a Santa Casa, alguns dados positivos do período de requisição por parte da Prefeitura. Umas das melhorias citadas por ele foram a do serviço de limpeza e a abertura de 22 leitos para a enfermaria.

Outra importante conquista desse período, conforme destacou, é a realização do mutirão de 810 cirurgias. Sorocaba aderiu à estratégia de ampliação dos procedimentos cirúrgicos eletivos lançada pelo Ministério da Saúde e está sediando um mutirão de cirurgias. Ao todo, serão realizados 810 procedimentos de vesícula, retirada de útero e hérnia. Os atendimentos estão ocorrendo na Santa Casa de Sorocaba, com capacidade de 135 cirurgias mensais e prazo de seis meses para conclusão, até dezembro.

O mutirão está atendendo pacientes da cidade e da região, conforme regulação do Estado, por meio do Departamento Regional de Saúde (DRS-16). A distribuição das vagas é proporcional à população e a expectativa é de que até 25% dos atendimentos sejam para sorocabanos. Os recursos federais são destinados a Sorocaba, por meio do Fundo Municipal de Saúde para custeio dos procedimentos. O agendamento das cirurgias será feito além da rotina cirúrgica da Santa Casa, com os profissionais do próprio hospital que receberão por procedimento.

A realização do mutirão foi viabilizada pela portaria nº 1.294, do Ministério da Saúde que define a estratégia de ampliação do acesso aos procedimentos cirúrgicos no âmbito do SUS para o exercício de 2017. A portaria é de 25 de maio deste ano e a partir dela foram destinados R$ 54,2 milhões de recursos para cirurgias no Estado de São Paulo. Por meio do DRS-16, Sorocaba foi contemplada com R$ 1.139.772,89 para atendimento da cidade e da região e fez a adesão ao programa selecionando os procedimentos que podem ser feitos na Santa Casa local.

Uma outra conquista, citada por Watanabe, dessa vez junto aos funcionários, é que a comissão gestora especial que administrou a Santa Casa durante a requisição feita pela Prefeitura de Sorocaba, unificou os salários-base dos funcionários do hospital.

A medida corrigiu uma situação irregular mantida pela administração privada que estava à frente da Santa Casa. A unificação garantiu os direitos de 89 funcionários que estavam contratados por valores abaixo do piso salarial que deve ser aplicado na instituição. Os trabalhadores beneficiados foram auxiliares de enfermagem, administrativos, de farmácia, técnicos de enfermagem, de suporte, serventes, entre outros. Ainda segundo ele, foi garantido aos funcionários o direito ao pagamento na data prevista, fornecimento de cestas básicas e o oferecimento de plano de saúde, que anteriormente haviam sido suspensos.

Cruzeiro do Sul