Feliz 2019

Anúncios

Isolda, compositora do clássico ‘Outra vez’, de Roberto Carlos, morre em SP

Isolda posa com Roberto Carlos no show do cantor em setembro — Foto: Reprodução/Facebook/Isolda Bourdot

A compositora Isolda Bourdot, que criou clássicos cantados por Roberto Carlos, como ‘Outra vez’, ‘Elas por elas’ e ‘Um jeito estúpido de te amar’, morreu na noite deste domingo (16/12/18) em São Paulo aos 61 anos. Segundo informações do perfil de Isolda no Facebook, ela morreu em decorrência de um infarto.

Neta de maestros e compositores, Isolda fez dupla com o irmão Milton Carlos na composição de clássicos da música brasileira nos anos 70. Os dois participaram de festivais de músicas pelo país no final dos anos 60.

“Nós fazíamos vocais em estúdios e foi num desses trabalhos que tivemos a oportunidade de enviar uma canção nossa para Roberto Carlos. Algum tempo depois, para nossa surpresa, encontramos no jornal os títulos das músicas que fariam parte do disco do Roberto para aquele ano e entre elas estava lá: ‘Amigos, amigos’ – de Isolda e Milton Carlos”, revelou Isolda em seu site oficial.

O grande hit, no entanto, foi a música “Outra vez”, que começa com Roberto Carlos entoando os versos: “Você foi o maior dos meus casos, e todos os abraços o que eu nunca esqueci”.

Isolda contou como veio a inspiração: “Foi numa madrugada, uma música desprovida de qualquer ambição futura, uma confidência sincera: ‘Outra vez’. Gravei essa canção numa fita entre outras e entreguei para Roberto Carlos. ‘Outra vez’, é uma canção que nunca mais me abandonou. Ela já fez parte de trilhas para novelas, foi gravada pela maioria dos nossos intérpretes, instrumentada ou cantada nas mais diferentes interpretações e arranjos, ganhou muitos prêmios, inclusive o de música do ano e eu sei que sempre vai me acompanhar”.

O irmão Milton Carlos morreu em 1977 em um acidente de carro. Isolda seguiu compondo canções e manteve uma vida discreta em São Paulo.

Em setembro, ela foi ao show de Roberto Carlos no Espaço das Américas e postou uma foto com o amigo.

G1 Globo

F1 GP do Brasil, Lewis Hamilton vence em Interlagos

Até um grande campeão como Lewis Hamilton também precisa de um pouco de sorte. Mesmo não tendo o melhor carro da pista, neste domingo, em Interlagos, o pentacampeão da F1 se aproveitou de um entrevero entre Max Verstappen e Esteban Ocon para vencer pela 72ª vez na categoria. Depois de ser superado pelo holandês ainda na primeira metade da prova, Lewis viu o líder se chocar com o retardatário da Force India, entregando de bandeja o troféu de primeiro lugar no GP do Brasil.

O pódio em Interlagos — Foto: Getty Images

Mesmo após o toque com Ocon, Verstappen conseguiu voltar para a pista e fechar a prova na segunda colocação. Mais rápido que Sebastian Vettel durante toda a corrida, Kimi Raikkonen recebeu a bandeira quadriculada na terceira posição. Saindo de 11º, Daniel Ricciardo superou o drama vivido no México, terminando em um ótimo quarto posto. Em tarde apagada, a dupla Bottas e Vettel fechou os seis primeiros, em quinto e sexto respectivamente.

Confira os melhores momentos do GP do Brasil A Rede Globo TV

GP do Brasil: 10 informações que você precisa saber sobre a corrida

F1 GloboEsporte

Rodovia Castello Branco, velocidade máxima diminui entre Barueri e Itapevi

A CCR ViaOeste informou que, a partir do dia 17 de novembro, a velocidade máxima estabelecida no trecho entre o km 26+400 e o km 33 da pista Oeste (sentido Interior) da Rod. Castello Branco (SP 280), região entre Barueri e Itapevi, será reduzida para os veículos leves e pesados.

A redução da velocidade regulamentada será:

– de 120 km/h para 100 km/h para os veículos leves

– de 90 km/h para 80 km/h, no caso dos veículos pesados

Foto sobre "Velocidade máxima diminui na Castello Branco entre Barueri e Itapevi"

Segundo a concessionária, a adequação acontece com base em estudo técnico aprovado pela ARTESP (Agência Reguladora de Transportes de São Paulo) e acompanha o crescimento das cidades próximas à rodovia, que geram um alto volume de tráfego em movimentações de curta distância no trecho. “O objetivo de tal adequação é manter os níveis de conforto e segurança da rodovia nos altos padrões do Programa de Concessões do Estado de São Paulo”, afirma Diogo Stiebler, gestor de Tráfego da CCR ViaOeste.

A concessionária implantará a sinalização de regulamentação adequada. As alterações já estão sendo comunicadas para os usuários desde o dia 17 de outubro, 30 dias antes da alteração, por meio de faixas e dos painéis eletrônicos na rodovia.

CCR ViaOeste