F1 GP dos Estados Unidos, Nico Rosberg é o pole em Austin

Nico Rosberg saiu dos treinos de ontem dizendo que tinha desempenho para tirar dos bolsos. Nunca foi tão sincero e verdadeiro. A classificação que fez neste sábado (1/11/14) em Austin foi espantosa, a ponto de chegar a colocar 1 segundo sobre Lewis Hamilton em uma das sessões. A diferença, no fim das contas, acabou sendo de 0s402, mas não deixa de ser espantoso e assombroso pelo que vinha sendo feito pelo inglês.De qualquer forma, a Mercedes ocupou sem sustos a primeira fila.Na F1 ainda em crise dos carros desta terra, Valtteri Bottas foi quem se deu melhor. O finlandês vai largar na terceira colocação, ganhando a disputa interna contra Felipe Massa, que acompanha o companheiro de Williams na fila #2. Na sequência, Daniel Ricciardo e Fernando Alonso. Logo atrás viria mais uma formação caseira, Jenson Button e Kevin Magnussen, mas o inglês já sabia antes de começarem as atividades nos EUA que perderia cinco posições pela troca de câmbio em seu carro. Assim, o danês parte na sétima colocação e tem Kimi Räikkönen a seu lado. Adrian Sutil, pela primeira vez no Q3, vai sair em nono.

F1 GP dos Estados Unidos 1 011114

A classificação da F1 ganhou um formato diferente em Austin, devido às ausências de Caterham e Marussia. Com 18 carros apenas, os comissários alteração o sistema de eliminação do Q1 e do Q2: quatro carros foram limados em cada uma das fases. A parte decisiva permaneceu como antes, ou seja, dez pilotos disputando a pole.

Dito isso, os pilotos foram à pista de Austin neste sábado (1) sob temperatura mais quentes do que as registradas pela manhã e, assim, ninguém demorou muito para sair. E nem para abrir a cronometragem. E coube a Sergio Pérez registrar a primeira vlta rápida. O mexicano inaugurou a tabela com 1min39s804. Daniil Kvyat, que surgiu em segundo, mas 1s2 acima.

F1 GP dos Estados Unidos 2 011114Aí a sessão viu Kevin Magnussen saltar para a frente. O dinamarquês, entretanto, ficou pouco e logo foi superado por Nico Rosberg. O alemão, por sua vez, viu Valtteri Bottas andar 0s037 mais rápido e tomar a ponta. Felipe Massa veio na sequência, mas se colocou apenas em terceiro. Enquanto isso, Sebastian Vettel completava sua primeira volta. A participação do alemão foi pouco significativa, já que a decisão de largar dos boxes está tomada devido à sexta troca de pneus.
Sem nada que ver com isso, Lewis Hamilton decidiu trabalhar e logo apareceu em primeiro, mesmo depois de uma leve escapadinha na curva 12. Nesta fase, somente Daniel Ricciardo teimava em não sair das garagens.
Mas Rosberg queria mais e pulou para a ponta na sequência. Primeiro com 1min38s599 e, depois, com 1min38s303. A marca era 0s492 melhor que a de Hamilton. MSN – Evelyn Guimarães.

Lewis Hamilton cumprimenta Nico Rosberg após treino classificatório do GP dos EUA (Foto: Getty Images)

Lewis Hamilton cumprimenta Nico Rosberg após treino classificatório do GP dos EUA (Foto: Getty Images)

Confira como foi a classificação da F1 para o GP dos EUA A Rede Globo TV

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s