F1, Lewis Carl Davidson Hamilton, equipe Mercedes, é o piloto tricampeão de Fórmula 1, 2008, 2014 e 2015

Hamilton campeão Circuito das Américas (Foto: John Locher/AP)

Lewis Hamilton chegou a Austin, palco do GP dos EUA, com a mão na taça. O título da temporada 2015 estava tão encaminhado para o britânico da Mercedes que foi preciso que fatores externos dessem uma apimentada para valorizar ainda mais a conquista. Em um imprevisível GP dos EUA, recheado de incidentes, entradas de Safety Car e estratégias variadas, Hamilton aliou talento e sorte para vencer a corrida e assegurar o tricampeonato, graças à combinação de Nico Rosberg (Mercedes) em segundo e Sebastian Vettel (Ferrari) em terceiro. Felipe Massa abandonou com problemas na Williams, enquanto Felipe Nasr voltou a pontuar, em nono. Com tricampeonato, Lewis Hamilton se junta a um seleto grupo de lendários pilotos na Fórmula 1, como Ayrton Senna, Nelson Piquet, Niki Lauda, Jackie Stewart e Jack Brabham. À frente deles em títulos, apenas outros quatro gênios: Michael Schumacher (7), Juan Manuel Fangio (5), Alain Prost (4) e Sebastian Vettel (4).

A corrida foi uma “montanha-russa” para Hamilton. Ele largou em segundo, tomou a ponta de Rosberg na primeira curva, mas viu Daniel Ricciardo (RBR) o ultrapassar no decorrer da prova e ainda caiu para quarto. Aproveitou a pista mais seca para recuperar as posições e reassumir a liderança. Mas em razão de um erro de estratégia da Mercedes, que preferiu mantê-lo na pista durante um período de Safety Car, o inglês viu a vitória ficar nas mãos do companheiro de equipe. Mas a estrela dele brilhou mais forte. A oito voltas do fim, Rosberg errou e entregou de bandeja para Hamilton não só a vitória, mas o título.  História feita no Circuito das Américas.

Lewis Hamilton comemora vitória no GP dos EUA e seu tricampeonato na Fórmula 1.

Daí em diante era só comemorar. Ainda na volta de desaceleração, Hamilton tirou o cinto e fez os tradicionais “zerinhos” para delírio da torcida. Com a voz embargada, agradeceu à equipe e a família. Ao chegar na garagem, não segurou as lágrimas. Na sequência, ajoelhou-se e fez uma oração. No pódio, o sorriso aberto do inglês contrastava com o abatimento de Rosberg, que não se conformava com o erro bobo a poucas voltas do fim.

A corrida  

A corrida não poderia ter começado melhor para Hamilton. Largando por dentro, o britânico tracionou bem, colocou do lado e espalhou o pole Rosberg na curva 1, para assumir a primeira posição. Os dois chegaram a tocar roda. O alemão fez de tudo para segurar a ponta, mas acabou saindo da pista, com isso perdeu posições para Kvyat e Ricciardo e caiu para quarto. Apesar de não chover, por causa da pista ainda molhada, todos os pilotos começaram com pneus intermediários.

Do meio para trás, muita confusão. Massa rodou, bateu em Alonso e furou pneu do espanhol. Grosjean foi outro que teve um furo de pneu. Bottas, por sua vez, quebrou o bico da Williams. Quem aproveitou a confusão foi Vettel, que ganhou seis posições e subiu de 13º para 7º. Na abertura da segunda volta, Nasr tentou passar o companheiro Ericsson, mas acabou sendo tocado e quebrou o bico de sua Sauber, precisando ir para os boxes.

O brasileiro da Sauber e o finlandês da Williams aproveitaram o pit stop por causa dos bicos quebrados para colocar pneus de pista macia. Mas a aposta se mostrou precipitada e ambos tiveram que voltar aos boxes para colocar novamente os intermediários. Voltas depois, o finlandês da Williams recolheu para a garagem. Nesse momento, Massa era o 13º e Nasr, o último dos que seguiam na pista.

Lá na frente, Hamilton chegou a abrir pouco mais de 1s, mas nas voltas seguintes começou a ver a aproximação de Kvyat. O russo chegou a passar o britânico na quinta volta, mas levou o “X” e voltou para segundo. Mais atrás, Nasr se aproveitou da série de abandonos e problemas dos rivais para entrar na zona de pontuação.

Na quinta volta, a direção de prova decidiu então acionar o safety car virtual (todos os pilotos tiveram a velocidade limitada), para que fossem retirados os detritos da pista ocasionados pelas batidas na largada. A relargada aconteceu três voltas depois. Hamilton manteve a ponta com Kvyat em segundo, enquanto Rosberg tomou a terceira posição de Ricciardo. Com a faca nos dentes o alemão da Mercedes deu o bote no russo curvas depois e assumiu o segundo lugar.

Foi então que a previsão meteorológica avisou que não havia mais expectativa de chuva para o restante da corrida. O trilho no traçado começava a se formar e quem acertasse a hora de trocar os pneus para a pista seca poderia dar o pulo do gato. Uma dica poderia ser Grosjean, que decidiu experimentar os pneus para a pista seca. Mas não foi possível ter nenhuma pista, o franco-suíço logo precisou voltar para os boxes com superaquecimento dos freios e abandonou.

Lá na frente, enquanto Hamilton liderava, a disputa pelo segundo lugar pegava fogo. Kvyat tentou passar Rosberg, mas escapou e ainda perdeu a posição para Ricciardo. O australiano se aproveitou, partiu para cima do alemão e assumiu o segundo lugar.

A relargada ocorreu a dez voltas do fim. Hamilton precisava passar Rosberg para vencer a corrida e conseguir o título antecipado. Mas o alemão manteve a ponta com segurança mais uma vez. Mais atrás, Vettel passava Verstappen e subia para terceiro.

Foi então que Rosberg vacilou. A oito voltas do fim, escapou sozinho quando liderava com folga e entregou a liderança de bandeja para Hamilton, que passava a ser campeão com a combinação de resultados.

Mas para comemorar o tri, o britânico ainda precisava que seu companheiro segurasse a segunda colocação de Vettel.  E o alemão da Ferrari se aproximava perigosamente do compatriota da Mercedes.

Lá na frente, Hamilton recebia a bandeirada para a vitória. Mais atrás, Nico cruzava à frente de Vettel. O britânico entrava assim no seleto hall dos tricampeões mundiais.

Assista a chegada de Lewis Hamilton  A Rede Globo TV

Assista aos melhores momentos da corrida A Rede Globo TV

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s