São Roque SP, Prefeitura suspende temporariamente a Zona Azul Digital

 Resultado de imagem para zona azul em são roque SPA Prefeitura de São Roque suspendeu por 60 dias o contrato com a empresa Troia Park, responsável pelos parquímetros eletrônicos na cidade, paralisando temporariamente a Zona Azul Digital no município. “A medida foi formalizada pelo decreto 8.540 pois, além de não atender as demandas da população, foram identificadas inúmeras irregularidades pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo no contrato firmado pela gestão anterior (2013-2016), informou o governo são-roquense em nota enviada a imprensa.

Deste modo, a partir de agora  a empresa não pode cobrar pelas vagas na zona azul digital e fica a orientação para que a população não abasteça os parquímetros com moedas. Durante o período de suspensão a Prefeitura deve apurar as irregularidades apontadas pelo Tribunal de Contas e a necessidade de aperfeiçoamento do serviço.

Segundo a prefeitura, a partir do início da nova gestão foram feitas análises de diversos contratos administrativos firmados pelo governo passado, o  que inclui o acordo firmado entre a Prefeitura de São Roque e a Troia Park. Segundo o atual governo é de conhecimento público que os parquímetros não oferecem comprovante de pagamento a população, além de obrigar o usuário a pagar no mínimo trinta minutos independente do tempo de utilização da vaga, fatos que já foram divulgados em reportagens passadas do Jornal da Economia e que podem significar infrações a Constituição Federal, Lei de Licitações e ao Código de Defesa do Consumidor.

Tendo em vista a falta de atenção as necessidades da população, e os apontamentos do Tribunal de Contas, que estão anexadas ao processo administrativo desde o início de 2016, a Prefeitura de São Roque decidiu suspender o serviço temporariamente, embora reconheça a importância do estacionamento rotativo no município, principalmente em sua área central.

“Estamos realizando um estudo sobre o caso, entraremos em contato com a Troia Park e claro, seguiremos as orientações do Tribunal de Contas, para que a situação seja resolvida da forma mais clara e objetiva possível e atenda as necessidades e anseios da população”, afirmou o Prefeito Cláudio Góes.

JEOnline

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s