Arquivo da categoria: Fórmula 1

F1 GP da Espanha, Lewis Hamilton vence em Barcelona

A temporada de 2018 bem que começou complicada para Lewis Hamilton, mas agora tudo está de volta à normalidade. Depois de ganhar no Azerbaijão na base da sorte após o pneu furado de Valtteri Bottas no fim, o inglês dominou praticamente de ponta a ponta o GP da Espanha e chegou à segunda vitória consecutiva. Agora, o tetracampeão soma 95 pontos no campeonato e, dessa forma, amplia para 17 a vantagem para o vice-líder Sebastian Vettel, que completou a prova apenas em quarto.

Hamilton vence com facilidade na Espanha e aumenta vantagem no campeonato

A segunda posição em Barcelona ficou com Valtteri Bottas, que assumiu o terceiro lugar na tabela, mas a distantes 20 pontos do alemão da Ferrari. Depois da saraivada de críticas nas últimas semanas pelas encrencas na pista, Max Verstappen teve sua melhor atuação na temporada e, com uma estratégia de um pit stop, contra dois de Vettel, completou o pódio na terceira posição. O holandês ainda conseguiu resistir nas voltas finais mesmo com danos na asa dianteira após um contato com a Williams de Lance Stroll.

Hamilton, Bottas e Verstappen, os três primeiros na Espanha (Foto: Reuters)

Completaram a zona de pontuação, da quinta à décima posições, Daniel Ricciardo (RBR), Kevin Magnussen (Haas), Carlos Sainz (Renault), Fernando Alonso (McLaren), Sergio Perez (Force India) e Charles Leclerc (Sauber).

Entre os abandonos, destaque para a quebra da Ferrari de Kimi Raikkonen e pelo perigoso acidente causado por Romain Grosjean ainda na primeira volta, quando ele tirou da prova não apenas a si próprio, como Pierre Gasly e Nico Hulkenberg.

Assista aos melhores momentos do GP  A Rede Globo TV

Resultado final do GP da Espanha (Foto: Reprodução/rede social)

GloboEsportes

Anúncios

F1 GP do Azerbaijão, Lewis Hamilton vence

Lewis Hamilton vinha numa discreta terceira posição em Baku, diante do domínio de Sebastian Vettel e Valtteri Bottas. Mas, como num passe de mágica, uma série de acontecimentos mudou a corrida, e o inglês herdou a liderança a três voltas do fim para vencer pela primeira vez na temporada. E mais: o piloto da Mercedes assumiu a primeira posição no campeonato com 70 pontos, contra 66 de Vettel.

Pódio no Azerbaijão com Hamilton, Raikkonen e Perez (Foto: Reuters)

A corrida no Azerbaijão teve uma reviravolta quando Max Verstappen e Daniel Ricciardo se chocaram na briga pela quarta posição e provocaram intervenção do safety car. Bottas, que ainda não tinha feito o pit stop e liderava temporariamente, aproveitou para trocar os pneus supermacios usados desde a largada por ultramacios novos, enquanto Vettel, que já havia feito a mudança de supermacios para macios, fez novo pit stop para ficar nas mesmas condições do finlandês nas voltas finais e tentar um ataque.

Verstappen e Ricciardo batem e abandonam o GP do Azerbaijão   A Rede Globo TV

Pneu de Bottas estoura e Hamilton assume a primeira colocação  A Rede Globo TV

Assista aos melhores momentos  A Rede Globo TV

Na relargada, Vettel tentou ultrapassar Bottas, mas errou a freada no fim da reta dos boxes e perdeu a segunda e terceira posições para Lewis Hamilton e Kimi Raikkonen. Mas logo depois o finlandês deu um incrível azar ao passar em cima de um detrito na reta dos boxes e ter o pneu traseiro direito furado, tendo de abandonar. Hamilton cruzou a linha de chegada com tranquilidade à frente de Raikkonen e Sergio Perez, que passou Vettel e jogou o alemão quarto.

Completaram a zona de pontuação, da quinta à décima posições Carlos Sainz (Renault), Charles Leclerc (Sauber), Fernando Alonso (McLaren), Lance Stroll (Williams), Stoffel Vandoorne (McLaren) e Brendon Hartley (STR).

Resultado final do GP do Azerbaijão (Foto: Reprodução/rede social)

GloboEsporte

F1 GP da China, Daniel Ricciardo da Red Bull Racing vence em Shanghai

Valtteri Bottas, Daniel Ricciardo e Kimi Raikkonen: o pódio do GP da China (Foto: Lars Baron/Getty Images)

Uma entrada do safety car e uma reação rápida da RBR. O choque entre Pierre Gasly e Brendon Hartley, a dupla da STR, causou o acionamento do carro de segurança. Com isso, a equipe austríaca aproveitou a chance para trocar os pneus de seus dois pilotos. Foi a deixa para Daniel Ricciardo brilhar e vencer neste domingo a terceira etapa da temporada 2018 da Fórmula 1, na China.

Primeiro, aproveitou o erro do companheiro Max Verstappen para ganhar a quinta posição. Em seguida, fez belas ultrapassagens sobre Kimi Raikkonen, Lewis Hamilton, Sebastian Vettel e Valtteri Bottas para assumir a liderança. O australiano, então, rumou tranquilo para a primeira vitória no ano, encerrando um jejum de 15 provas sem subir ao degrau mais alto do pódio – desde o GP do Azerbaijão em 2017. Bottas foi o segundo e Raikkonen, o terceiro.

Lewis Hamilton sofreu com problemas de desempenho durante toda a corrida. Acabou saindo no lucro com a quarta posição, beneficiado pela punição a Max Verstappen, que teve dez segundos acrescidos a seu tempo por uma tentativa desastrada de ultrapassagem sobre Sebastian Vettel, quando o alemão da Ferrari era o terceiro.

Na 43ª volta, o holandês da RBR tentou passar o líder do campeonato no hairpin após a reta oposta e acertou o meio da Ferrari de Vettel. Os dois rodaram, mas conseguiram voltar à corrida. Verstappen terminou em quinto, enquanto Vettel perdeu desempenho e fechou apenas em oitavo. Aliás, o último pódio sem Vettel e Hamilton tinha sido no GP do México do ano passado.

Globo Esporte Fórmula 1 2018  A Rede Globo TV

Dois pilotos se aproveitaram dos problemas de Vettel na fase final da corrida: Nico Hulkenberg, da Renault, e Fernando Alonso, da McLaren, que terminaram em sexto e sétimo, respectivamente. Tanto o alemão quanto o espanhol passaram o líder do campeonato com certa facilidade. Só que o bicampeão jogou duro e fez Vettel parar na grama. O piloto da Ferrari reclamou demais pelo rádio. Completaram a zona de pontuação o espanhol Carlos Sainz Jr., da Renault, em nono, e o dinamarquês Kevin Magnussen, da Haas, em décimo.

Assista aos melhores momentos do GP  A Rede Globo TV

Classificação final do GP da China (Foto: F1.com)

GloboEsporte F1

F1 GP do Barein, Sebastian Vettel vence em uma performance espetacular

O pódio no Barein, com Vettel em primeiro, Bottas em segundo e Hamilton em terceiro (Foto: Reuters)

Um repetição de um duelo tático entre Mercedes e Ferrari, como na Austrália, a equipe italiana se deu bem de novo, e Sebastian Vettel venceu a segunda etapa da temporada 2018, no Barein. Mesmo com pneus macios de 38 voltas (a corrida teve 57), o alemão resistiu a um ataque de Valtteri Bottas, que completou em segundo, 0s699 atrás. Lewis Hamilton foi o terceiro colocado mesmo largando em nono.

Assista aos melhores momentos A Rede Globo TV

A tática esperada era de dois pit stops para os carros de ponta, mas a Mercedes enganou a Ferrari e adotou uma estratégia de apenas uma troca para pneus médios para seus dois pilotos, enquanto a equipe italiana, pega de surpresa, abortou a estratégia inicial e mandou Sebastian Vettel permanecer na pista até o fim com pneus macios. Aos poucos, Bottas tirou a diferença para Vettel, que neutralizou um ataque na última volta para vencer em sua corrida de número 200 na F1.

Vettel manteve a liderança do GP do Barein após a largada (Foto: EFE)

Fora da briga Mercedes x Ferrari, o grande destaque da prova foi Pierre Gasly, que levou a STR a uma excelente quarta posição. Completaram a zona de pontuação da quinta à décima posições, Kevin Magnussen (Haas), Nico Hulkenberg (Renault), Fernando Alonso (McLaren), Stoffel Vandoorne (McLaren), Marcus Ericsson (Sauber) e Esteban Ocon (Force India).

Resultado final do GP do Barein (Foto: Reprodução/rede social)

GloboEsporte F1